.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Horário de Atendimento ao público:  8:00 ás 17:00 de Segunda á Sexta-Feira

Administração - Sexta-feira, 09 de Fevereiro de 2024

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

É CARNAVAL, MAS NÃO CONVIDE A DENGUE PARA O SEU BLOQUINHO

É CARNAVAL, MAS NÃO CONVIDE A DENGUE PARA O SEU BLOQUINHO


É CARNAVAL, MAS NÃO CONVIDE A DENGUE PARA O SEU BLOQUINHO

Aumento de casos de dengue exige cuidado redobrado O ano começou com um alerta da prefeitura para o aumento de casos de dengue no município e a necessidade de redobrar os cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor também da Chikungunya, Zika e febre amarela, principalmente nesse feriado de Carnaval. Dados da Vigilância em Saúde mostram que a cidade já registrou 50 casos de dengue do início de janeiro até ontem (05), por todos os bairros da cidade. Ação de combate ao mosquito Para conter o avanço da doença, a Prefeitura tem intensificado as visitas diariamente em todos os bairros e distritos. As ações de combate ao mosquito são realizadas durante todo o ano, mas no período de intenso calor e constantes chuvas, os cuidados são intensificados porque a fêmea do mosquito procura locais quentes e úmidos para a eclosão dos ovos. Como se prevenir Além dos cuidados básicos, como evitar água parada e manter a limpeza frequente dos imóveis e caixas d’água, a prefeitura ressalta que é essencial o uso de repelentes para evitar a picada do mosquito e, principalmente, pela pessoa já infectada ou com suspeita da doença, pois assim é possível evitar que outros mosquitos ao picarem o indivíduo sejam contaminados e transmitam a mais pessoas, criando uma epidemia. Entre as medidas importantes também estão optar por roupas que minimizem a exposição da pele e podem evitar a picada do mosquito e também a realização do exame de sorologia que comprova ou descarta as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. “Precisamos que todas as pessoas com suspeitas de doenças arboviroses procurem por uma Unidade Básica de Saúde e realizem os exames, de acordo com as solicitações dos profissionais da UBS. Esses resultados ajudam o setor de prefeitura a identificar possíveis focos do mosquito e preparar trabalhos preventivos nas localidades”, enfatizou a equipe de Vigilância em Saúde.

120 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Prefeitura Municipal de Casa Branca - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.